Rss Feed Tweeter button Facebook button Youtube button


Porque cães não vivem tanto quanto as pessoas…

Escrito por Leonardo (online). Publicado em Animais | 2302 visualizações

Olá pessoal! Como passaram a semana? Por aqui a coisa segue complicada, correria na faculdade, plantões puxados no trabalho, mal tive tempo de passar por aqui! Na verdade nesse exato momento eu deveria estar estudando, rs…mas estou um tanto triste pela perda de um grande aUmigo…Spaike, o Pastor Alemão nos deixou na terça feira, e levou com ele um pedacinho do coração de cada um que o amava…e tantos o amavam…pois ele era especial, um guerreiro, um cão inesquecível. Então resolvi postar um texto muito bonito, que tenta explicar a “brevidade” da passagem dos cães na terra…espero que ajude a acalentar alguns corações, especialmente o da Mamy dele, que está sentindo muitas saudades do filho amado. A dor diminui, mas a saudade nunca passa….e faz bem, pois nos ajuda a lembrar de quem amamos…

Sou veterinário, e fui chamado para examinar um cão da raça wolfhound irlandês chamado Belker. Os proprietários do animal, Ron, sua esposa Lisa, e seu garotinho Shane, eram todos muito ligados a Belker e esperavam por um milagre. Examinei Belker e descobri que ele estava morrendo de câncer. Eu disse à família que não haveria milagres no caso de Belker, e me ofereci para proceder a eutanásia para o velho cão em sua casa. Enquanto fazíamos os arranjos, Ron e Lisa me contaram que estavam pensando se não seria bom deixar que Shane, de quatro anos de idade, observasse o procedimento. Eles achavam que Shane poderia aprender algo da experiência.

No dia seguinte, eu senti o familiar aperto na garganta enquanto a família de Belker o rodeava. Shane parecia tão calmo, acariciando o velho cão pela última vez, que eu imaginei se ele entendia o que estava se passando. Dentro de poucos minutos, Belker foi-se pacificamente. O garotinho parecia aceitar a transição de Belker sem dificuldade ou confusão. Nós nos sentamos juntos um pouco após a morte de Belker, pensando alto sobre o triste fato da vida dos animais serem mais curtas que as dos seres humanos. Shane, que tinha estado escutando silenciosamente, saltou: “Eu sei porque.” Abismados, nós nos voltamos para ele. O que saiu de sua boca me assombrou. Eu nunca ouvira uma explicação mais reconfortante. Ele disse:

As pessoas nascem para que possam aprender a ter uma boa vida, como amar todo mundo todo o tempo e ser bom, certo?” o garoto de quatro anos continuou: “Bem, cães já nascem sabendo como fazer isto, portanto não precisam ficar por tanto tempo.

Fique com Deus e brilhe muito lá no céu, meu anjo….
Já estamos com saudades, amigão!
Um lindo final de semana para todos.

Léo.




Adotar mais um gato?

Escrito por Leonardo (online). Publicado em Animais, Bem Estar Animal | 2827 visualizações

Oie pessoal! Como passaram o sabadão? Final de semana a gente sempre tira um tempinho pra descansar e claro…pra se distrair um pouquinho na internet! Agora há pouco li algo no facebook que me chamou a atenção, achei super legal e pensei em compartilhar com vocês:

______________________________________

Adotar mais um gato?

É comum as pessoas terem dúvidas antes de adotar mais um gato.
Será que eles vão se dar bem? Será que serão amigos?
Bom, não adianta mentir. Seu gato vai estranhar a chegada de outro gato. Terá ciúmes, ficará bravo até mesmo com você.
Isso é absolutamente normal e esperado.
Mas gatos gostam de ter companhia da mesma espécie.
O importante é que você esteja disposto a passar pela adaptação. Ela pode ser um tanto traumática e, na maioria das vezes, a ansiedade do dono dificulta muito as coisas.
Eu costumo dizer que a adaptação entre gatos acontece em fases:
Primeiro, eles se odeiam (e odeiam você também). Rosnados, muitos Fuuuzzzzzz de ambos os lados, você vai se sentir um monstro e ficar cheio de culpa.
Depois, percebendo que essa cena toda não adianta, ficam indiferentes ao recém chegado e a você. E você sente ainda mais culpa.
Aí vem a curiosidade, ter um novo amigo até que parece legal. Mas não se iluda, você ainda é um monstro e não foi perdoado.
Até que, finalmente os gatos, ficam amigos. E talvez você seja perdoado.
Essas fases podem levar poucos dias ou várias semanas.
Antes de adotar, pense se está disposto a passar por todas essas fases.
Pense bem para não devolver o recém chegado ao primeiro rosnado que ele der ou receber.
Lembre-se que gatos são dramáticos e as coisas nem sempre são tão ruins quanto eles querem que você acredite ;-)

_______________________________________

Legal né!! Este texto foi escrito pela Patrícia, que trabalha ne resgate, proteção e doação responsável de gatinhos na região de Santos, SP. Aproveitem para conhecer melhor o Perfil e o Blog dela. Quem sabe você não encontra seu novo melhor amigo?

Cats of Necropolis (facebook)

Cats of Necropolis (Blog)

Lembrando que a adoção responsável de um animal de estimação muda a vida dele para sempre…e a sua também! Adotar é tudo de bom! =)

Lambeijos!

Léo.

 



Todo mundo gosta de mim!

Escrito por Leonardo (online). Publicado em Animais, Nosso Mundo, Novidade | 2313 visualizações

Eehh, galera! Tiveram um bom dia? Por aqui a correria segue, amanhã mais provas, e assim será até final da semana que vem! Mas obviamente que eu não poderia deixar de passar por aqui e aproveitar pra deixar um recadinho e uma mensagem.

O recadinho: estamos com uma estação de radio nova. É…pra quem é fã-nático por U2 feito eu (♥), acabamos de instalar a “Radio U2“, 24 horas com a melhor banda de rock’n'roll do mundo! Dêem uma conferida, quem gosta não pode deixar de ouvir. É mais (bom) um motivo pra acessar nosso site, certo? ;)

A mensagem:

Todo mundo gosta de mim

“Eu sei que eu sou bonito, divertido e inteligente,
Só não sei como é que eu pude conquistar toda essa gente,
É uma coisa tão gostosa e todo dia eu agradeço,
É tão bom sentir-se amado mas, no fundo, eu mereço!

E conforme eu vou andando eu vou parando e dando a mão,
Pras pessoas que me chamam e confessam sua paixão,
É polícia, é bandido, é bacana, é fu*ido,
Todo mundo dá um sorriso e me olha enternecido!

E até a roupa que eu uso todo mundo quer usar,
Mesmo a que está no meu corpo, às vezes tenho que tirar,
Alguns vêm me dar dinheiro, alguns querem me tocar,
As meninas pedem beijo e sempre querem me abraçar,
Eu não sei se é o meu cheiro, que é gostoso pra danar,
Até quando eu solto um peido, todo mundo quer cheirar,
Pode ser minha simpatia, o meu corpo, ou o meu olhar,
Mas o fato é que eu não encontro quem não canse de me amar!”

Eeehh, modesto? rsrs…

Enfim, espero que tenham gostado da novidade, e da mensagem. Ah, pra ouvir a radio nova? É só acessar o NOSSO MUNDO, claro!!! E depois, selecionar a estação de radio que você preferir! Lambeijinhos, e uma ótima sexta-feira para todos!!

Léo.



Falando de gatos…

Escrito por Leonardo (online). Publicado em Animais | 2621 visualizações

Pessoal, a coisa anda feia por aqui ainda….aulas, provas, trabalhos atrasados, plantão, pouquíssimo tempo livre e muita vontade de editar o site, que está parado há um bom tempo! Tenho alguns artigos que estou devendo pro pessoal e assim que der vou postar, portanto fiquem de olho que logo teremos novidades! :)

Por enquanto deixo uma citação de Bukowski sobre gatos, que eu particularmente adoro.

É bom ter um monte de gatos em volta. Se você está mal, basta olhar pra eles e fica melhor, porque eles sabem que as coisas são como são. Não tem porque se entusiasmar com a vida, e eles sabem. Por isso, são salvadores. Quantos mais gatos um sujeito tiver, mais tempo viverá. Se você tem cem gatos, viverá dez vezes mais que se tivesse dez. Um dia, isso será descoberto: as pessoas terão mil gatos e viverão para sempre.

Beijinhos e até mais.

E não deixem de visitar o Portal Nosso Mundo, tem muita coisa legal pra quem ama animais! Porque para nós, os animais importam! :D

Léo.

 

 



Hoje resgatei um humano…

Escrito por Leonardo (online). Publicado em Animais | 1639 visualizações

Início de semana, provas na faculdade, mas estou viciado no WordPress, o sistema é realmente muito bonito e customizável…espero que vocês estejam gostando do nosso novo Blog, aos poucos irei postando novos textos e informações. Por enquanto, vai algo que eu acho muito bonito, fala sobre resgate…mas não de um cão ou de um gato, e sim de um Ser Humano. Confiram:

“Os seus olhos encontraram os meus, enquanto ela caminhava pelo corredor olhando apreensivamente para dentro dos canis. Imediatamente senti sua necessidade e sabia que tinha de ajudá-la. Abanei minha cauda, não tão entusiasticamente para não assustá-la.

Quando ela parou em frente ao meu canil, tampei sua visão para que não visse o que eu tinha feito no canto de trás. Não queria que ela soubesse que ninguém ainda havia me levado para um passeio lá fora. Às vezes, os funcionários do abrigo estão muito ocupados e não gostaria que ela pensasse mal deles.
Enquanto ela lia as informações a meu respeito, no cartão pendurado na porta do canil, eu desejava que ela não sentisse pena de mim, por causa do meu passado.

Só tenho o futuro pela frente e quero fazer diferença na vida de alguém. Ela se ajoelhou e mandou beijinhos para mim. Encostei meus ombros e minha cabeça na grade, para confortá-la. As pontas de seus dedos acariciaram meu pescoço; ela estava ansiosa por companhia. Uma lágrima escorreu pelo seu rosto e, então, elevei uma de minhas patas para assegurá-la de que tudo estaria bem.

Logo, a porta de meu canil se abriu e o seu sorriso era tão brilhante que, imediatamente, pulei em seus braços. Prometi mantê-la em segurança. Prometi estar sempre ao seu lado. Prometi fazer todo o possível, para ver aquele sorriso radiante e o brilho em seus olhos…
Tive muita sorte dela ter vindo até meu corredor. Há ainda tantas pessoas por aí, que nunca caminharam por esses corredores… Tantas para serem salvas… Pelo menos, pude salvar uma.

Hoje, resgatei um ser humano!”