Rss Feed Tweeter button Facebook button Youtube button


Momentos Léo Fox – Criação de fundo de quintal

Escrito por Leonardo (online). Publicado em Animais, Bem Estar Animal, Criação de Animais | 6984 visualizações

Oie pessoal! Hoje, depois de muito tempo sem postar aqui, tive uma idéia legal…resolvi postar os “Momentos Léo Fox”, já conhecidos no facebook, em forma de pequenos posts, o que vocês acham?? Alguns são momentos revoltados, outros nem tanto, alguns são desabafos e tem também dicas bem legais de como cuidar dos nossos animais de estimação. Sei que estou bem ausente, mas prometo que passarei mais por aqui a partir de agora, falou? então vamos lá!


(Momento revolta do Léo Fox – narrado por Lain) Galera, hoje eu estava decidido a falar de consultas online, mas depois que eu voltei da academia e me deparei com um anúncio de venda de filhotes colado numa parede, me revoltei e vou deixar as consultas pra amanhã.

Bem, todo mundo sabe que sou terminantemente contra criações de fundo de quintal. Pois eis que saio da academia e dou de cara com um cartaz anunciando dois filhotes de Pequinês. O texto dizia mais ou menos assim:


“Somos dois filhotinhos da raça pequinês, e estamos à venda. O machinho sai por 600 reais e a fêmea sai por 1000 reais. Ligar para…”

Caralho meu…dois lindos filhotinhos, mas totalmente fora dos padrões da raça…anunciados em um cartaz colado na parede de uma lojinha de 1,99. Criação de fundão de quintal, sem pedigree, sem seleção de padreadores, sem controle genético, sem o mínimo cuidado, sendo vendidos pro primeiro que ligar e desembolsar 600 pilas (ou até menos, dependendo das negociações). Puta falta de respeito e vergonha na cara! Saporquê? Porque procriar cães e gatos vai além de simplesmente juntar uma fêmea e um macho bonitinhos. Porque doenças genéticas estão por trás desses cruzamentos e acabam passando para todos os descendentes, trazendo dor e sofrimento. Problemas respiratórios, hidrocefalia, luxação de patela são apenas alguns dos problemas a que esses filhotes estarão expostos, por pura incompetência e irresponsabilidade dos donos. Sem falar no padrão da raça, que é totalmente perdido. Sem falar nos problemas de comportamento, animais bravos ou anti sociais. Sem falar na quantidade de bicho abandonado que existe por aí. E nem venha com mimimi me dizendo que “eu não tenho nada a ver com isso”, porque a partir do momento em que vc procria um casal de cães ou gatos, vc é responsável por todos os filhotes que virão, a curto, médio e longo prazo. Portanto, sim….a culpa por tudo de ruim que vier a acontecer com eles no futuro, será SUA!

Então meu….sério…DEIXE CRIAÇÃO PRA CRIADOR. Limite-se a cuidar, zelar e respeitar esses animais e páre com essa mania de achar que o milagre da procriação é a coisa mais linda que existe. Só se for nos seus sonhos, ô mané!!

E tenho latido.
Obrigado! ò.ó



Petts – Animais achados/perdidos ou para adoção

Escrito por Leonardo (online). Publicado em Animais, Novidade | 2924 visualizações

Oie pessoal. Tô em débito com vocês, sei disso, preciso urgentemente atualizar o blog, tenho várias novidades e em breve postarei aqui!! Mas por enquanto, vou postar uma sugestão de pauta que me mandaram e eu achei bem legal…vá que algum leitor do Portal goste e resolva adquirir esse serviço né? ;)


Imagine se você se perdesse e não soubesse voltar para casa. E mais, nesta situação você está privado da fala e não pode pedir ajuda, telefonar, dizer que sente fome, frio ou medo. É assim que um animal se sente quando se perde do seu dono. E muitos jamais voltam para casa.

A Cappen acredita que todos os seres merecem um lar e é por isso que lançou o Petts, um aplicativo que proporciona o encontro entre os animais perdidos e quem os perdeu.

Através da geolocalização, é possível cadastrar o local em que o animal se perdeu ou fugiu. O usuário também cadastra as características do pet, sendo possível anexar uma foto para melhor identificação. Quando alguém encontrar um animal abandonado, é só checar se há gente procurando por ele. A busca pode ser feita de acordo com a localização (com a listagem dos animais que se perderam por aquela região) ou das informações físicas do bichinho.

Também é possível cadastrar animais que esperam por um dono no aplicativo. O Petts incentiva a adoção e é por isso que futuros donos podem encontrar o seu mais novo melhor amigo pelo aplicativo.

Por enquanto, o app só está disponível para iOS, mas é possível acompanhar os cadastros de animais através do site do projeto e da fan page.

Conheça o projeto: http://vimeo.com/51934338

Link para download: https://itunes.apple.com/br/app/petts.me/id550286430?mt=8

http://petts.me/ // https://www.facebook.com/PettsMe

O que já foi falado do projeto:

http://www.techtudo.com.br/downloads/petts-me

http://info.abril.com.br/noticias/blogs/download-da-hora/iphone/petts-me-ajuda-a-adotar-ou-encontrar-animais-perdidos/

http://www.pernambuco.com/app/noticia/pecao/45,29,46,53/2012/12/14/interna_pecao,413159/aplicativo-ajuda-a-encontrar-seu-bichinho-de-estimacao-perdido.shtml


Então, gostaram??? Por enquanto é isso. Lambeijos do Léo para todos, e um Feliz Natal!!



Eu apoio o PL pelos animais de rua de Santa Maria. E você?

Escrito por Leonardo (online). Publicado em Animais, Bem Estar Animal, Legislação Animal, Proteção Animal | 2862 visualizações

Pessoal de Santa Maria – RS! Hoje venho pedir um favor MUITO especial. Preciso de ajuda para que um Projeto de Lei de Iniciativa Popular por melhores condições aos animais de rua passe pela câmara e seja aprovado. Mas de que se trata isso? Explico: Um Projeto de Lei é um texto que traz um conjunto de normas sobre qualquer assunto ou questão que possa virar lei. É apresentado por um vereador, deputado ou senador e submetido à tramitação em um órgão legislativo, em qualquer das três instâncias: municipal, estadual e federal (Câmara de Vereadores, Assembleia Legislativa, Câmara dos Deputados e Senado Federal). O objetivo de quem apresenta o projeto é transformá-lo numa lei.

Há uma modalidade de Projeto de Lei da qual a população pode participar mais ativamente, inclusive da etapa de elaboração do texto. É o Projeto de Lei (PL) de Iniciativa Popular, que consiste na apresentação de um abaixo-assinado à Câmara dos Deputados, assinado por, no mínimo, 1% do eleitorado nacional, distribuído por, pelo menos, cinco Estados, com não menos de três décimos por cento dos eleitores de cada um deles.
Os Projetos de Lei de Iniciativa Popular seguem o mesmo caminho no Congresso que os projetos de iniciativa de um parlamentar. São submetidos à aprovação dos deputados, senadores e do Presidente da República, como todos os outros projetos de lei.

E o que queremos com isso? Melhorar as condições dos animais de rua da nossa cidade. Acreditamos que o município necessita de um PROGRAMA DE CONTROLE ANIMAL, que  seja dividido por categorias, especificando em cada ação a origem das verbas, além de órgão responsável pela execução e pela fiscalização.  Isso inclui:

 I Registro e identificação da população canina e felina do município;

II Educação da população para a posse responsável e convivência saudável com animais de estimação

III – Ações Comunitárias de Saúde e Bem-Estar Animal;

IV Controle reprodutivo de cães e de gatos;

V Registro de canis e gatis e lares temporários

VI Controle de doação e da comercialização e resgate de cães e gatos no município;

VII Controle do Adestramento de animais;

VIII Responsabilidade para com os animais de estimação;

IX Do adestramento de animais;

X Criação da Guarda Municipal Animal (ou fiscal municipal de controle e bem-estar animal)

XI Criação de um Conselho de Bem-estar Animal

XII  Responsabilidade de ONGs, de grupos e de cuidadores de animais.

Mas para que isso seja levado à votação na câmara, e aprovado, necessitamos da ajuda de todos! Como? É só levar o título de eleitor (tem de ser eleitor de Santa Maria) nos nossos postos de coleta de assinaturas, no calçadão ou então na loja Santa Inconstância, esquina da Floriano com a Pasqualine, e assinar!!! Precisamos de 10 mil assinaturas, e acreditamos que iremos conseguir!!!

Acesse nosso Site e conheça o PL na íntegra!

 



As festas de final de ano chegaram, e agora?

Escrito por Lain. Publicado em Animais, Bem Estar Animal, Festas | 10704 visualizações

As festas de fim de ano estão chegando, e uma grande preocupação de quem tem cães ou gatos são os fogos de artifício, que embora lindos, fazem um barulho capaz de deixar nossos pets desesperados! Então separei algumas dicas que poderão amenizar esse problema e deixar o final de ano um pouco mais tranqüilo.

A primeira dica é tentar dessensibilizar o animal. Esse método costuma funcionar bem com cães, especialmente se ainda forem filhotes, mas deve ser bem conduzido. O animal deve sentir total segurança por parte do dono, portanto não demonstre medo durante a queima de fogos, tampouco pegue o animal no colo para protegê-lo. Ao invés disso, haja naturalmente e com firmeza. O animal precisa saber que não há motivos para temer, então brinque muito e faça festa, dê petiscos e associe o barulho com alguma coisa boa. Mostre que não existe razão para pânico. É necessário ter muita paciência, pois alguns cães não modificam o comportamento de uma hora pra outra. Se for possível, faça esse procedimento sempre que tiver oportunidade, diante de quaisquer barulhos que costumam assustá-lo.

Florais também costumam ajudar nessas situações, mas devem ser administrados sempre sob supervisão de um profissional. Procure um veterinário que trabalhe com medicina alternativa e veja com ele a melhor opção para seu animal.

Porém, alguns cães não respondem bem à dessensibilização, então são necessários cuidados extras nesse período, que incluem acima de tudo segurança para evitar acidentes:

 - Durante os estouros dos fogos, jamais deixe o animal sem supervisão. Mantenha-o dentro de casa em um cômodo calmo e monitore-o para que ele não se machuque. Não o segure à força, muitos animais acabam mordendo e/ou arranhando em função do medo. Forneça brinquedos para que ele possa morder e se distrair, feche as janelas e ligue um rádio ou TV para tentar abafar o barulho.

 - Gatos devem ter à disposição um lugar para se esconder, como uma caixinha, por exemplo, pois diferentemente dos cães, eles preferem ficar isolados em algum local seguro. Não force brincadeiras ou contato, apenas deixe-o à vontade e observe-o para que não se machuque. Se mesmo tomando cuidado você for mordido ou arranhado, não castigue o animal, lembre-se de que ele está sofrendo e com muito medo.

 - Se seu cão vive no pátio e você não tiver como levá-lo para dentro de casa, certifique-se de que ele não terá como fugir, mantenha portões bem fechados, pois animais em pânico tendem a sair correndo e irem para a rua, o que poderá ser fatal. Observe-o o tempo todo, não o deixe sozinho em hipótese alguma, pois ele estará muito assustado. Forneça um local (casinha ou caixa) para que ele possa se abrigar. Retire a alimentação durante esse período, para evitar afogamentos (falsa via). Não o deixe preso por correntes, é muito comum enforcamentos e morte em função do pânico. Portanto novamente repito, a melhor dica é sempre mantê-lo dentro de casa, só o deixe no pátio se não houver outra alternativa.

- Não esqueça de usar sempre plaquinha de identificação no seu animal contendo nome e telefone para contato. Isso auxilia em caso de fuga e facilita a devolução do animal.

Esses cuidados são importantíssimos para manter seu animal livre de acidentes que podem custar-lhe a vida. Não descuide de seu melhor amigo, pois ele confia em você para viver bem e em segurança! Boas festas, e feliz ano novo!



Quer castrar seu animal a baixo custo? Aqui tem endereços!

Escrito por Leonardo (online). Publicado em Bem Estar Animal | 48096 visualizações

Castração Gratuita

OBSERVAÇÃO : LEVAR COMPROVANTE DE ENDEREÇO, CPF E RG. (ATÉ 10 ANIMAIS POR PESSOA)


SÃO PAULO

UNISA – Universidade de Santo Amaro

Deve-se primeiro retirar a Guia de Inscrição na Subprefeitura de Palhereiros.

Avenida Sadamu Inoue, 5252, Jardim dos Álamos, Palhereiros-SP

Fone Subprefeitura: 5926-6500

Seg à sex das 10 às 15

RG, CPF e Comprovante de residência

Clínica Veterinária UNISA

Rua José Portolano, 57, Jardim das Imbuias, São Paulo-SP

Fone: 2141-8562

Segundas, Quartas e Quintas 14 às 17


CENTRO DE CONTROLE DE ZOONOSES – CCZ

Rua Santa Eulália, 86, Carandirú

Fones: 3397-8955 e 3397-8956

Das 08:00 às 18:00 hrs – de segunda a sábado

E-mail: zoonoses@prefeitura.sp.gov.br