Rss Feed Tweeter button Facebook button Youtube button

Posts Tagged ‘Amigo’



Quero comprar meu cão…

Escrito por Leonardo (online). Publicado em Animais, Bem Estar Animal, Criação de Animais | 2695 visualizações

Olá amigos….finalmente as provas na faculdade começaram a aliviar, e entre “trancos e barrancos” creio que consegui sobreviver, rs. Então resolvi passar por aqui para conversar um pouquinho sobre um assunto que considero bastante pertinente: compra e venda de animais de companhia.

Pois bem….há alguns dias atrás uma amiga veio falar comigo sobre a compra de um gatinho!

- “Quero um gato persa, como devo proceder?” – disse ela.

- “Hum…porque tem que ser um persa? O que você acha de adotar um filhote?” – perguntei

- “Porque acho lindo, e quero Persa…”- foi a resposta. E concluiu: “Você sabe de algum lugar pra comprar, que não saia caro? Menos de 300 reais, de preferência…”

Diante do total desconhecimento acerca da raça (demonstrado na conversa) e mesmo assim a clara intenção de comprar (e não adotar), comecei a fazer alguns questionamentos: persa tem pelo longo e necessita escovação diária, vc terá como escová-lo? Persas tem predisposição à doença do rim policístico, você sabia? Persas necessitam de ração especial, que previne formação de bolas de pelos, tudo bem para você? Persas fazem infecções fúngicas com frequencia em função do pelo longo, você sabia? Além disso, um bom exemplar de Persa com pedigree e garantia de saúde e boa genética não sai por menos de 1500 reais…tudo bem para você pagar este preço?

Todas as respostas foram “NÃO”! Em função disso resolvi esclarecer alguns pontos importantes sobre compra e venda de animais, e me posicionar acerca deste assunto. Bem, não gosto de doutrinas…acredito que educação se faz sempre com equilíbrio e ponderação, jamais com generalizações e radicalismos. Dessa forma, nem sempre eu oriento de acordo com minha posição pessoal, oriento de acordo com o que realmente é necessário, mesmo porque nem todos nesse mundo pensam como eu penso.



Porque cães não vivem tanto quanto as pessoas…

Escrito por Leonardo (online). Publicado em Animais | 2355 visualizações

Olá pessoal! Como passaram a semana? Por aqui a coisa segue complicada, correria na faculdade, plantões puxados no trabalho, mal tive tempo de passar por aqui! Na verdade nesse exato momento eu deveria estar estudando, rs…mas estou um tanto triste pela perda de um grande aUmigo…Spaike, o Pastor Alemão nos deixou na terça feira, e levou com ele um pedacinho do coração de cada um que o amava…e tantos o amavam…pois ele era especial, um guerreiro, um cão inesquecível. Então resolvi postar um texto muito bonito, que tenta explicar a “brevidade” da passagem dos cães na terra…espero que ajude a acalentar alguns corações, especialmente o da Mamy dele, que está sentindo muitas saudades do filho amado. A dor diminui, mas a saudade nunca passa….e faz bem, pois nos ajuda a lembrar de quem amamos…

Sou veterinário, e fui chamado para examinar um cão da raça wolfhound irlandês chamado Belker. Os proprietários do animal, Ron, sua esposa Lisa, e seu garotinho Shane, eram todos muito ligados a Belker e esperavam por um milagre. Examinei Belker e descobri que ele estava morrendo de câncer. Eu disse à família que não haveria milagres no caso de Belker, e me ofereci para proceder a eutanásia para o velho cão em sua casa. Enquanto fazíamos os arranjos, Ron e Lisa me contaram que estavam pensando se não seria bom deixar que Shane, de quatro anos de idade, observasse o procedimento. Eles achavam que Shane poderia aprender algo da experiência.

No dia seguinte, eu senti o familiar aperto na garganta enquanto a família de Belker o rodeava. Shane parecia tão calmo, acariciando o velho cão pela última vez, que eu imaginei se ele entendia o que estava se passando. Dentro de poucos minutos, Belker foi-se pacificamente. O garotinho parecia aceitar a transição de Belker sem dificuldade ou confusão. Nós nos sentamos juntos um pouco após a morte de Belker, pensando alto sobre o triste fato da vida dos animais serem mais curtas que as dos seres humanos. Shane, que tinha estado escutando silenciosamente, saltou: “Eu sei porque.” Abismados, nós nos voltamos para ele. O que saiu de sua boca me assombrou. Eu nunca ouvira uma explicação mais reconfortante. Ele disse:

As pessoas nascem para que possam aprender a ter uma boa vida, como amar todo mundo todo o tempo e ser bom, certo?” o garoto de quatro anos continuou: “Bem, cães já nascem sabendo como fazer isto, portanto não precisam ficar por tanto tempo.

Fique com Deus e brilhe muito lá no céu, meu anjo….
Já estamos com saudades, amigão!
Um lindo final de semana para todos.

Léo.