Imprimir

A higiene do seu animal: Banhos e escovações

Escrito por Silvia Schultz - Médica Veterinária - CRMV - RS 12750 .

Manter seu animal limpo trás saúde e conforto, além de deixá-lo ainda mais bonito. Banhos são importantes, porém, não devem ser dados em excesso (a menos que haja indicação veterinária para tal), pois a água retira a oleosidade natural da pele, predispondo à infecções fúngicas e dermatites. Cães podem tomar banho de 30 em 30 dias ou de 15 em 15 se for muito necessário, e sempre após o ciclo vacinal estar completo (filhotes com menos de 4 meses não devem tomar banho). Os olhos e ouvidos devem ser protegidos da água, e o sabão deve ser neutro (sabão de coco, por exemplo).

Outra boa dica para mantê-los sempre limpos é escovação diária para retirada de pelos mortos que dão mau cheiro e aspecto de sujeira. A escovação, além de massagear a pele, evita a a formação de nós em cães de pelos longos, mantendo-os mais limpos e bonitos. Use uma escova de cerdas macias, e acostume o animal desde cedo à este ritual. Lencinhos umidecidos também podem ser usados a fim de limpar as patinhas do cãozinho após um passeio na rua. Produtos como perfumes, xampus e talcos de uso humano devem ser evitados por irritarem a pele do animal. Cães muito peludos podem ser tosados a fim de evitar a formação de nós, bolas de pelos e proporcionar maior conforto, especialmente em meses de muito calor. Gatos são animais higiênicos que dispensam banhos exceto em condições extremas ou indicadas pelo veterinário, porém a escovação diária é necessária principalmente em animais de pelos longos.

Gostou do artigo? Compartilhe então!

Hits: 5500

Comentarios (0)


Mostrar/Esconder comentarios

Escreva seu Comentario

Voce precisa estar logado para postar um comentario. Por favor registre-se se caso nao tenha uma conta

busy