Imprimir

Socorro, meu cão ingeriu veneno e agora, o que eu faço?

Escrito por Silvia Schultz - Médica Veterinária - CRMV - RS 12750.

Olá galerinha do Nosso Mundo! Resolvi escrever este artigo para conversarmos um pouquinho acerca de um problema muito comum, mas que poucas pessoas sabem como lidar: ENVENENAMENTOS.

Então vamos à principal pergunta: MEU PET ESTÁ ENVENENADO, O QUE DEVO FAZER?

Resposta 1: Dar leite, pois o leite sempre neutraliza o veneno! (MENTIRA)
Para entender essa idéia do leite precisamos primeiro entender o que acontece quando alguma substância entra no organismo do nosso pet. Existem, de um modo geral, dois tipos de substâncias: as de caráter ácido e as de caráter básico (alcalino). Quando nosso pet ingere algo que pode intoxicá-lo (um veneno, por exemplo), para que este veneno exerça sua ação é necessário que ele seja absorvido (no estômago e intestino) e alcance a corrente sanguínea! Pois bem: substâncias ÁCIDAS conseguem ser absorvidas mais rapidamente em ambientes também ÁCIDOS. E substâncias BÁSICAS conseguem ser absorvidas mais rapidamente em ambientes BÁSICOS.
Desta forma, vamos voltar ao caso do Leite. O Leite é uma substância de pH praticamente neutro, ou seja...bem mais alto que o pH do estômago. Portanto, se o veneno ingerido pelo pet for ácido, muito bem...o leite agirá como neutralizante, e retardará a absorção, permitindo que o veneno seja eliminado antes de chegar ao sangue. Mas se o veneno for de caráter mais BÁSICO, perto do normal, dar leite pode não ser uma boa idéia. Pois o veneno será potencializado pelo leite e absorvido rapidamente, podendo causar a morte do animal. Portanto, nada de sair por aí orientando leite para todos os casos de envenenamento, oks? ;)

Lembrando ainda que, se o animal está inconsciente ou convulsionando, jamais poderá receber nada pela boca (nem leite, nem água, nada!!), em função do risco de aspiração (afogamento), e morte.

Resposta 2: Faz o animal vomitar, que o veneno sai. (MENTIRA)
O vômito só ajuda em determinadas situações, em outras piora o quadro. Substâncias cáusticas são extremamente irritantes às vias aéreas, boca e esôfago, e causam queimaduras químicas. Se este tipo de substância for ingerida e depois vomitada, causará queimaduras químicas em todo o esôfago e boca do animal, levando à lesões graves que podem, inclusive causar à morte! Outro perigo de causar o vômito é que, a substância vomitada muitas vezes afoga o animal, faz falsa via (vai aos pulmões), levando à um quadro grave de pneumonia aspirativa e morte. Portanto só se deve induzir o vômito em situações em que há o controle e orientação de alguém experiente e que saiba exatamente o tipo de substância que o animal ingeriu.



Sim, mas se eu não posso dar leite e nem induzir ao vômito, O QUE EU FAÇO??


 

Então agora vamos ver o que realmente deve ser feito quando seu pet se intoxicar com alguma coisa, seja veneno, medicamento ou qualquer substância que engerida em grande quantidade faça mal!

DICA PRINCIPAL: Levar ao veterinário o mais rápido possível. Se for possível, leve junto o rótulo da substância ingerida, pois será mais fácil manejar o animal sabendo o que ele ingeriu. Na maior parte dos casos, não existe antídoto específico, e o tratamento é feito com base nos sinais clínicos que o animal está apresentando. Provavelmente será realizada uma lavagem gástrica pelo veterinário, introduzindo uma sonda até o estômago do bichinho a fim de retirar a substância ingerida. Em outros casos, o veterinário administrará substâncias adsorventes que irão agir impedindo a absorção do veneno pelo animal. E junto á isso tudo, poderá ser realizada uma hidratação no sentido de favorecer a eliminação da substância restante pela urina!

Esses procedimentos são de grande complexidade, portanto só podem ser realizados por um profissional habilitado, no caso um médico veterinário.

Por isso que se insiste: frente à um quadro de envenenamento, a principal dica é VETERINÁRIO URGENTE!

Tentativas de neutralização ou de eliminação da substância ingerida feitas por leigos, pode agravar o quadro e culminar na morte do animal. Lembro ainda que o tempo é um fator crucial nesses casos, e quanto mais cedo o animal for atendido por um profissional, melhores as chances de recuperação.

Por fim, mais importante do que TRATAR o envenenamento é EVITÁ-LO! Cães e gatos devem ser mantidos dentro de um pátio seguro ou dentro de casa, com janelas teladas e sem acesso às ruas. Animal solto na rua está sujeito à vários problemas, não somente envenenamento, mas também traumas, atropelamentos, fugas, brigas, maus tratos, entre outras situações que podem lhe custar a vida.


Complementando:

Chumbinho
Apesar de ser um veneno ilegal de venda proibida, o chumbinho ainda é um grande e fatal agente causador de envenenamento em clínica de pequenos animais. Isso se deve ao fato de sua venda ser realizada facilmente em qualquer lugar, até mesmo na rua por camelôs. A falta de esclarecimento à população faz com que seu uso seja feito em larga escala com vários propósitos, não só como rodenticida mas também para cães, gatos e pessoas. Os principais sintomas de envenenamento por chumbinho são:
• Salivação excessiva, lacrimejamento, secreção nasal, aumento dos sons respiratórios por broncoconstricção, dificuldade respiratória, edema pulmonar, diarréia, diminuição dos batimentos cardíacos, constricção da pupila, tosse, vômito, micção freqüente, incoordenação motora. Depois aparecem tremores musculares, espasmos, hiperatividade. Nem todos os animais apresentam os mesmos sintomas. A morte se dá por insuficiência respiratória e asfixia (Paralisia dos músculos respiratórios).

O tratamento para os casos de intoxicação por chumbinho, tem bons resultados se feito logo após o início dos sintomas.
Dicas:
- Lembre-se de retirar todo e qualquer vestígio do “chumbinho” que tenha colocado em casa ou arredores, mesmo que há muito tempo atrás. Em alguns casos, o veneno dura por anos;
- Evite deixar que seu animal vá à rua sozinho, pois o envenenamento pode acontecer através da ingestão de alimentos contaminados ou até mesmo das “iscas”;
- Caso suspeite-se do envenenamento, leve o animal o quanto antes ao veterinário. Na clínica, será possível o correto tratamento. O quanto antes tratar, maiores serão as chances do animal.

Gostou do artigo? Compartilhe então!

Hits: 75638

Comentarios (2)


Mostrar/Esconder comentarios
meu cão foi envenenado !
tenho uma dúvida , meu cão foi envenenado, levei ás pressas ao veterinário e ele ta melhor, depois de tudo que ele fez pode voltar à alimentação normal ? porque ele sempre gostou muito de leite . tenho medo de dar e ainda conter mais veneno ... esperando resposta , obrigado.
yagotbdc , agosto 13, 2013
...
Minha mãe chegou em casa e minha cachorra apresentou esse sintoma de aumento dos sons respiratórios. Quando ela olhou para ela viu que ela estava passando mal e urinava e defecava ao mesmo tempo smilies/cry.gif Eu não estava em casa. Ela ligou logo para minha avó e minha avó já salvou outros bichinhos dela que comeram veneno dando leite também, então ela disse pra dar leite, minha mãe deu. Minha cachorra vomitou umas 3 vezes, na terceira vez ela vomitou só o leite, minha mãe ligou para meu pai e ele disse que ela desse ovos (não só a clara), minha mãe deu 2 e ela só engoliu 1. Eu não tive coragem de virar o corpo da minha cachorrinha quando cheguei em casa, mas ela estava com aparencia de estar com o pelo molhado, apesar de não estar, provavelmente por causa do leite que deve ter caido no corpo dela. Na manhã do dia seguinte eu pude ver que havia baba na lingua dela, minha mãe disse que ela colocou a lingua para fora 2 vezes, que ela virou os olhos totalmente pra cima, ficando só a parte branca do olho... Eu só vi de lado, então nem notei. Ela apresentou todos esses outros sintomas, segundo o que minha mãe me contou, ela ficou passando mal por 40 minutos até morrer, só não vi em lugar nenhum pessoas falando que quando o cão morre envenenado ele vira as pupilas para cima... Agora tenho certeza que ela morreu envenenada, mas não faço ideia da onde ela pegou esse veneno e não acho que ninguem tenha jogado lá, ninguém sabia que ela ficava lá, porque era dentro de casa e também é alto de mais pra alguém jogar... Minha mãe acha que ela comeu fezes de ratos que talvez tenham comido veneno, eu também acho, mas li que teria que ser muito grande a quantidade e que mesmo assim o efeito seria minimo. Minha mãe guardava veneno para rato em locais alto, na onde ela dormia, mas nao tinha como ela ter acesso, a não ser que os ratos tenham derrubado (minha mãe nao colocava os venenos para o rato no mesmo lugar que minha cachorra dormia, não mesmo, ela ia colocar, mas ia deixar ela dentro de casa na noite em que ia deixar o veneno lá fora, ela dormiria comigo, eu cheguei em casa chamando por ela achando que ela já estava do lado de dentro...) Obrigado pelo post
Braap , janeiro 17, 2013

Escreva seu Comentario

Voce precisa estar logado para postar um comentario. Por favor registre-se se caso nao tenha uma conta

busy